Meu pai me fez gritar com seu pauzão 1


Como havia prometido aqui estou eu de novo, depois que eu gozei vendo meu pai batendo punheta, estou novamente aqui para contar o que aconteceu no dia seguinte depois que nos dois gozamos juntos no banho. Era umas 11 horas da noite quando meu pai me chamou em seu quarto, para minha surpresa e alegria ele estava pelado e com sua jeba maravilhosa super dura, e a seu lado o computador rodando um delicioso vídeo pornô gay, papai me perguntou se eu gostaria de ajuda-lo a gozar, meus olhos brilharem meu pau ficou duro e meu cuzinho logo começou a piscar, mesmo envergonhado e com um pouco de mede de transar com meu pai, fui em sua direção, peguei em seu pauzão que mal cabia minha mão fechada, o pau dele latejava de tesão abaixei fui beijando sua piroca e passando a língua de leve.
chupando-meu-pai-01-02-2015Ele começou a gemer muito me pedindo para que abocanhasse seu caralho e chupasse com vontade, como isso era uma ordem obedeci, meti todo aquele pau na boca e chupei gostoso como se fosse um delicioso sorvete com duas bolas, enquanto eu o chupava ele gemia e começou a alisar meu cuzinho metendo os dedos me deixando louquinho para liberar, logo fizemos um 69 mas enquanto eu me deliciar chupando seu pauzão ele começou a lamber e chupar meu cuzinho eu me estremeci todo com a língua de papai em meu rabo logo ele me colocou de quatro sobre a cama e começou a roçar a cabeça do pau em meu rabinho forçando a entrada, quando a cabeça de seu pau entrou por completo dei um grito de dor tentei escapar mas ele me segurou pela cintura dizendo que agora não tinha mais volta, que eu teria que satisfazer o tesão do papai, me segurando forte ele socou tudo pra dentro, senti como se tivessem rasgado meu cu, a dor era tanta que quase chorei implorando para ele parar, mas a medida que a dor ia passando o tesão foi tomando conta de mim e logo eu relaxei deixando o pauzão do meu pai entrar e sair de meu cu com movimentos deliciosos que me deixavam doido de prazer.
meu-pai-me-fodendo-01-02-2015A medida que ele socava sua rola eu gemia e implorava por muito mais, meu pai me comeu e me arrombou por mais de uma hora, eu já estava todo ardido mas mesmo assim não queria parar. Ele deitou sobre a cama e me pediu para sentasse e cavalgasse em sua rola, obedeci e fiz direitinho sentei com vontade engolindo todo aquele pau imenso com meu cuzinho já arrombado eu subia e descia feito uma puta enquanto meu pai alisava minha bundinha e gemia alto de prazer, depois de um tempo cavalgando ele tirou o pau de dentro e deu aquela mega gozada em minha cara me lambuzando todo com sua porra quente e grossa.
pauzao-do-meu-pai-01-02-2015Assim que ele gozou coloquei seu pau em minha boca e  chupei gostoso limpando tudo, deixando a piroca do papai limpinha e pronta para se sujar novamente.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um pensamento em “Meu pai me fez gritar com seu pauzão